Arquivo do mês: setembro 2010

22 – Poema Poesia

Por que escrevo Poemas?
Por faço Poesias?
Algo (ou Alguém) além da rima
Me move, inspira
Fascina.

Aventuro-me a descrever
O indescrítivel
A recriar o que existe
A sorrir diante
Do que é triste
Ou chorar
Ao grafar tanta alegria.

Sou Poeta, Poemista
Um AMAdor, um Artista
Desenho com Palavras
Escrevo com traços
Me desfaço em linhas
Renasço em idéias
Algumas não minhas

Registrar o Encanto
Exaltar o Amor
Cantar um Acalanto
Aliviar a dor
Aplacar a ira
Devanear uma mentira

Sou Poema-Homem
Sou Mulher-Poesia
Ser de métricas e rimas
Ser Sonhador, Ser Universo
Sou Verso, Sou Amor
Sou Vida.

Para: Seres de Bons Versos e Boas Rimas e sempre Amigos de Boas Palavras

Giane Brandão

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Icarus

21 – Meu Amor foi ver o Mar

Meu Amor foi ver o Mar
E com ele não posso navegar.
Um para o outro, não somos boa companhia
E a água salgada dos meus olhos
Com a água do Mar, misturaria.

Meu Amor foi ver o Mar
E com colegas de superfície
Foi nadar e se embriagar
De uma estranha alegria
Daquela que afoga tristezas e mágoas
De uma vida oca e vazia.

Meu Amor foi ver o Mar
E afundar em profundezas abissais
A solidão que dentro de si ele trás
No arrastão das marés capturado
Encara o tesouro naufragado
Um coração de rubi,
Um pedaço de mim.

Para…
Giane Brandão

1 comentário

Arquivado em Icarus

20 – Verso sem nome

“Vou andando em Ti pensando
Vou seguindo me iludindo
Caminho fantasiando
E sozinho
Vou Te sonhando…”

s.p. 08/04/1986-terça

Para…
G.Brandão

1 comentário

Arquivado em Icarus

19 – Luzes da Cidade

Quando chega a noite
Eu não sei.
Sinto algo novo
No ar.
Há estrelas no céu
Há estrelas na terra.

Estou sozinho, não solitário
Em um apartamento
No último ou em qualquer andar.
Da sacada admiro o panorama
E meus olhos fixam então

As luzes da cidade
Que lembram muitos olhares
Felicidade, alívio
De quem chega e ilumina seus lares.

Luzes da cidade
Que em outros lugares
Lembram pequenas constelações,
Em São Paulo
Formam um Universo sem fim.

De seres
De mundos diversos
De alegrias, tristezas
E paixões.
Aqui.

G. Brandão
Para: São Paulo-SP

1 comentário

Arquivado em Icarus